quinta-feira, abril 17, 2008

"No fundo, no fundo,
bem lá no fundo,
a gente gostaria
de ver nossos problemas
resolvidos por decreto

a partir desta data,
aquela mágoa sem remédio
é considerada nula
e sobre ela — silêncio perpétuo

extinto por lei todo o remorso,
maldito seja que olhas pra trás,
lá pra trás não há nada,
e nada mais

mas problemas não se resolvem,
problemas têm família grande,
e aos domingos saem todos a passear
o problema, sua senhora
e outros pequenos probleminhas."

(Paulo Leminski - Bem No Fundo)

segunda-feira, abril 14, 2008

(Imagem de Cesar Braga de Oliveira)

"Em tempo de chuva, que chova!
- Eu não largo da sua mão.
Nem que caia um raio, eu saio
Sem você na imaginação!"

(Se Acontecer - Djavan)

terça-feira, abril 08, 2008

Obstinação dos Outros
(Millôr Fernandes)

Deixamos de beber
E em cada esquina
Abriram um novo bar.
Abandonamos o fumo;
Passam homens, crianças
E navios
A fumar.
A rua, como nunca, está cheia de mulheres
Jovens, lindas de corpo, sedutoras de andar.
Ah, mas já deixamos de amar.

sexta-feira, setembro 28, 2007

Picasso!


"Você pinta como eu pinto?"

Literalmente!!!



Pra quem quiser visitar o site do 'Picasso', entra aí: http://www.penileart.com/

segunda-feira, setembro 24, 2007

Emo Day!

Eu nem sabia, mas visitando o Bobagento, descobri que hoje, 24 de setembro, é o Emo Day. Tem umas coisas engraçadinhas lá, bem 'emo' mesmo... tem até o Tradutor de Miguxês pois, pra quem não sabe, emo só ixcrevi axim! Ai, elix saum taum meiguinhux!


Passa lá! É risada na certa! Beijinhux e abraxinhus! :*

segunda-feira, setembro 17, 2007

Incrível como minha vida tem a imensa capacidade de ser tão paradoxal. Eu acho que eu nunca soube lidar bem com a felicidade porque, o tempo inteiro e em todas as situações, eu sempre tive a necessidade de justificá-la. Eu nunca me conformei. Eu nunca aceitei, simplesmente. Eu nunca me contentei. Merecendo ou não, o fato é que, no final das contas, eu ficava sempre mais infeliz... e até hoje não sei por quê.

É difícil viver com uma sensação constante de que sempre falta alguma coisa. Ou alguém. Mas é muito mais difícil ter essa coisa - ou esse alguém - e, ainda assim, viver insatisfeito. As relações são assim mesmo, eu penso. A vida é um eterno buscar. Um eterno alcançar, um constante almejar. É aí que neguinho se estrepa: não se contenta com o que tem. Não sabe agradecer. Quer sempre mais.

Uma vez eu me contentei. Apenas uma vez. Just once. Até porque, em algum momento da vida, não dá pra ficar buscando, buscando, buscando. Tem que se conformar com aquilo. Algo tem que bastar. E me bastou. Por um período razoável, até. Eu aceitei bem, achei que tava com a bola toda, que não precisava de mais nada pra ser feliz. Mas como sempre acontece, principalmente comigo, eu me enganei. Em partes, claro, porque eu não sou de cuspir no prato que comi. Às vezes, o que te basta é como uma arte feita no Corel: você acha que tá tudo lindo, até ampliar e ver que tá tudo fora do lugar. Imperfeições: seres humanos são feitos disto. Como posso cobrar do outro algo que eu não tenho?! Como posso querer que alguém seja de um jeito, se eu não consigo ser? Acho que é exatamente nesse ponto que entram as promessas - quando a própria conduta não basta mais.

Você sabe o que é sentir medo? Eu sei. Você já se sentiu impotente? Eu já. E revolta, você já teve? Eu tive... e tenho. E são esses sentimentos que me fazem chorar todas as noites. Mas o pior deles, pra mim, é a impotência. Porque você sabe, há certas coisas que nunca mudam... e que não te deixam mudá-las. E aí você vai perdendo a esperança, as perspectivas. Vai deixando os sonhos de lado, vivendo com o que dá pra viver. E então você se conforma, se contenta.





Mas eu não.






(escrito em 08/08/07, às 21h45)

domingo, setembro 16, 2007

Retorno


"Pra mim, e isso pode ser muito pessoal, escrever é enfiar um dedo na garganta. Depois, claro, você peneira essa gosma, amolda-a, transforma. Pode sair até uma flor. Mas o momento decisivo é o dedo na garganta. (...) Como é que é? Vai ficar com essa náusea seca a vida toda? E não fique esperando que alguém faça isso por você. Ocê sabe, na hora do porre brabo, não há nenhum dedo alheio disposto a entrar na garganta da gente." (Caio Fernando Abreu)

quarta-feira, março 21, 2007

Alfa & Ômega



Você é meu princípio e meu fim.
Mas, o mais importante...
Você é o meu durante.

terça-feira, janeiro 02, 2007

Promessa



Essa era a única postável que tinha na minha máquina.
Depois posto outras do Natal. :)
:*

Resoluções de Ano Novo

(em ordem de importância e/ou necessidade)

1. Falar menos e na hora certa.
2. Passar num concurso.
3. Emagrecer.
4. Fazer tattoos (só preciso de grana).
5. Ser menos crítica e mais paciente.
6. Ficar mais próxima de quem eu amo (e me ama).
7. Dar mais atenção às amizades.
8. Levar as coisas mais a sério.
9. Aprender violão (só pra constar, afinal, acho que esse item será eterno nas minhas resoluções).


Por enquanto, é só.
Minha última lista de resoluções tinha mais de 25 itens.
Então acho que estou progredindo!

Desejo a vocês todos um ano de muita vitória e boas companhias.

quinta-feira, dezembro 21, 2006

Quem é vivo...

Geraldo perdeu, Alcides continua no Governo de Goiás e minhas explanações sobre política terminam aí. Muitos dias desaparecida desse blog, sem vontade de postar por pura falta de novidades na vida. Muita água já passou por debaixo da ponte (e por cima dela - consequência dessas chuvas loucas -, em vários lugares do país, como vocês podem ver nos jornais) e eu continuo exatamente a mesma (talvez um pouco mais consciente - em quase todos os sentidos).

Na verdade, só voltei mesmo pra avisar que posto em breve minha Lista de Resoluções pra 2007 e que ela será bem diferente da de 2006 (mas entra ano e sai ano, eu continuo querendo emagrecer - isso sim, continua exatamente igual). Meu querido amigo
Daniel Santos, com quem eu quase não tenho mais conversado, salvo algumas aparições minhas no MSN, e de quem eu sinto muita saudade, me pediu que postasse uma foto minha; vou ficar devendo, Dani. Estou sempre acompanhada nass fotos que tenho tirado e acho que você queria uma foto só minha, né? Prometo que posto uma depois do Natal (vou aproveitar as festanças pra isso).

No mais, ando empurrando a vida com a barriga (a única coisa em mim suficientemente grande e forte pra essa força-tarefa, além do meu coração - mas não dá pra empurrar a vida com ele!).

Saudades dos comentários de vocês aqui (principalmente dos da Mani, que nunca falharam! Hahahahaha! Mesmo no post mais besta, tava ela ali perdendo uns 2 minutos comigo). E, apesar de não estar mais postando aqui, continuo visitando todos os blogs queridos (mesmo que não comente neles).

That's all, folks.
Feliz Natal a todos!
Beijocas!
:*

quarta-feira, setembro 27, 2006

sexta-feira, setembro 01, 2006

Penico

Dia desses, numa reunião importante, porém informal, o chefe dos chefes solta aquela piadinha: "sogra não pode morar tão perto que venha de chinelos, nem tão longe que venha de malas'.

Será?
Eu só tive uma sogra até hoje (e espero que continue sendo a mesma pra sempre).
Mas ainda não tive a oportunidade de descobrir se é verdade... hehehe!

terça-feira, agosto 22, 2006

Uma amiga e eu, hoje, comentando sobre outra amiga, que conquistou um gatão (na verdade, gatinho) de olhos verdes...

Amiga: Pensa? Acordar e dar de cara com aqueles olhos verdes... Uiui, é o paraíso mesmo!
Eu: Hahahaha! Desculpe, mas eu tenho um paraíso desses! :P
Amiga: Eu não preciso... Porque eu já tenho um olho lindo... eu sou o paraíso! Hahahahahahaha!
Eu: Então durma com o espelho! haiauiAUaiuaIAuAIuaIAUA!

Coisa de gente que não tem o que fazer, né?!
:x

sexta-feira, agosto 18, 2006

História de uma fã alucinada!

Era uma vez, um festival com 3 dias de música, 4 bandas (nacionais) por noite e uma fã do Skank. Após uma longa noite de dores nas pernas, no pescoço, nas costas e nos pés (na verdade, a única coisa que não doía era o cabelo), com uma sede desgraçada, duas folhas de papel onde se liam "Skank eu te amo" e "Samu, me dá sua palheta, plis!", sofrimentos incomensuráveis (mesmo estando no que chamam de camarote) e nenhum lugar para sentar a não ser o chão, a heroína de nossa história consegue, depois de incansáveis 5 anos tentando, pegar uma palheta de seus ídolos. SIM, ELA CONSEGUIU: a inteligente e destemida fã, ao localizar a palheta caída no chão, pisou em cima para que ninguém a roubasse. Eis que, de repente, não mais que de repente, surge uma despeitada e, ao constatar que jamais conseguiria arrancar o pé de nossa heroína do chão, crava as 5 unhas (ou o que restou delas) na perna direita de nossa protagonista, causando danos irreparáveis e arranhões horrorosos.



Mas a vida é esta, senhoras e senhores.
A fã sobreviveu para contar a história e a lição de que se deve lutar com pés, unhas e dentes pelo que se quer (mais pés e unhas do que dentes). E os pés têm grande chance de sobressair na história. :D

terça-feira, junho 20, 2006

OS MELHORES ALIADOS

Sabe aquela versão de que 'não existe mulher feia, existe mulher pobre'?
Pois é.
Vale para homens também.

Roque Santa Cruz, da seleção paraguaia.

1999.

2006.

segunda-feira, maio 22, 2006

Cobras e Lagartos!

Crédito ilimitado na Luxus. Ai, como eu queria.
Eu ia transformar (literalmente) Omar Pasquim em Pereira, sem o mínimo esforço!

-*-

O Henri Castelli também servia.
(Brincadeira, amor!)

-*-

E o que é Carolina Dieckman ultra loura (praticamente albina) e mais magra?
Aquela barriga ficaria melhor em mim, tô dizendo!

-*-

Adooooro a Marília Pêra no papel de Milu. Fabuloso!

-*-

Meu preferido? O Foguinho, obviamente. :)

quinta-feira, maio 11, 2006

Frase do ano

"O amor é que nem grama. A gente planta, a gente cuida, ele cresce, aí vem uma vaca e estraga tudo."

(Vi no site do CALEXico, tirado do Wise Up, Give Up)

terça-feira, maio 09, 2006

Rapidinhas

5 meses amanhã.
Os melhores da minha vida.

-*-

Tenho uma chefe que é uma mãe (sorry, perifas).
A partir da semana que vem, eu só trabalho meio período.
Fui liberada pra estudar pra um concurso.
E ái de mim se não passar.

-*-

Saudade não mata não, mas machuuuuuuuuuca. Ai ai.

-*-

Beijos pro Lipe e pro Daniel Santos, meus leitores mais assíduos!
Mani, adoro quando você me visita!
Fal, você é tudo. :)
(estou distante, mas estou de olho!)

-*-

Hoje eu vou ao shopping comprar presente pra mamãe.
E vai ter show do Wando (no shopping).
Calcinhas vão voar!

:*

sexta-feira, maio 05, 2006

EGO-KONG

Não é só o Egodzila da Ticcia que sai descontrolado por aí...
O meu Ego-Kong está insaaaaano!

Ricardo Kelmer esteve aqui!
Vocês realizam?
O homem que escreveu minha frase preferida, visitando meu blog!

Melhor que isso, só se eu tivesse dinheiro pra comprar toooodos os livros dele.
:~